13/12/2010

Óbvio e Atual por aí...

É óbvio que... a maior alegria de um blogueiro é ser reconhecido pelo que escreve.
ATUAL: E como estou feliz! 
Saíu a matéria com a minha entrevista para a seção "Blogs&Blogueiros" do blog Idéias do Guri

 Trecho da Entrevista: 
Porque teve interesse em criar o blog? 
O blog surgiu de uma paixão minha em escrever e uma necessidade (pessoal e secreta) de conseguir levar algo a sério. Acho que a internet derruba qualquer tipo de fronteira, e é isso que gosto em um blog! É mágico saber que pessoas de outros estados - de outros países, inclusive - lêem o que eu escrevo & comentam & debatem ! Além do mais, sustentar um blog é um grande desafio!  É necessário tempo e principalmente DEDICAÇÃO, o que torna o prazer em escrever ainda maior. 

Para ver toda a entrevista clique aqui. :) 

15/10/2010

A frieza dos japoneses - Parte 2

Mais uma vez o Óbvio e Atual faz uma conexão direta com o Japão.  Lembra do último post sobre a frieza dos japoneses? Então! Aqui está a continuação dele! 









Em breve voltarei com mais Óbvio e Atual direto do Japão ! 
また今度!(Máta kôndo!) 
 Até a próxima!  

Blog : Muito Japão

06/10/2010

O que estará em jogo na COP 10

É óbvio que... Discutir sobre a biodiversidade é essencial! 
ATUAL: Outubro de 2010, um mês em que a preservação do nosso maior patrimônio será pauta principal da 10ª reunião da Conferência das Partes (COP 10). Ambientalistas, cientistas e autoridades políticas de todo o mundo estarão com os olhos voltados para o Japão, sede do evento, a fim de que novas metas sejam traçadas para a conservação da nossa biodiversidade. 

Mas, o que estará em jogo  neste ano? 
Depois que as metas que visavam uma redução significativa da taxa anual de destruição da biodiversidade - traçadas para até 2010 -  simplesmente fracassaram, o encontro deste ano tem como principal objetivo definir  e impor novas metas aos países participantes. E principalmente, cobrar dos países o porquê do não cumprimento das mesmas. 

Mas, antes que você pense que esses encontros só servem para definir metas que não foram alcançadas nos encontros anteriores, saiba que esta Conferência é muito importante para o nosso futuro, e é claro que várias outras questões serão tratadas. Questões estratégicas como: 1. Aumentar o acesso aos recursos financeiros destinados para o bem da nossa biodiversidade; 2. Incentivar a produção sem impacto dos biocombustíveis; 3. Discutir sobre a transferência de tecnologias entre os países; e muitos outros assuntos serão pauta desta reunião. 

O Brasil na COP 10
 O Brasil vai para o Japão disposto à traçar metas ambiciosas, porém possíveis. 
Mas, para que isso aconteça outros objetivos deverão ser discutidos e assegurados, como por exemplo o capital para investir nas metas e principalmente o combate a BIOPIRATARIA * que nada mais é “a apropriação indevida dos recursos naturais, levando à monopolização do conhecimento das populações tradicionais no que se refere ao uso desses recursos.” , por exemplo: “ no Brasil Colônia, quando os portugueses se apropriaram das técnicas de exploração do pau-Brasil .” * , um problema que reflete diretamente na não repartição dos benefícios da exploração. 

Motivo do fracasso e o que deverá ser reavaliado. 
Dos fatores que influenciaram o fracasso das metas traçadas para até este ano, destacam-se a falta de estrutura e capital dos países que assumiram o compromisso passado - mas não podemos esquecer que nesse intervalo de tempo sofremos uma crise financeira! -. Outro grande desafio é que ao contrário do que acontece na Conferência do Clima, as metas traçadas na COP não possuem um peso político, muito menos viram leis federais, ou seja... São apenas metas voluntárias. Além do mais, a relação ciência-política anda em falta já que muitas das decisões tomadas pelos governos não têm nenhum embasamento científico, exemplo disso é o que acontece com o Código Florestal Brasileiro. Para fechar, há ainda o fator mais difícil de todos: O CONSENSO! Tomar decisões equilibradas, sem que haja divergências entre os países é quase impossível. 

Mas, esperamos que neste ano só hajam convergências entre os países participantes e que as metas que serão definidas para até 2020 sejam possíveis e alcançadas.  

A COP 10 ACONTECERÁ NESTE MÊS ENTRE OS DIAS
        18-29 EM NAGOYA, AICHI  PREFECTURE, NO JAPÃO. 

24/09/2010

Direto da Itália - O chão onde pisamos.

Depois do Japão invadir o Óbvio e Atual com um post sensacional sobre a frieza dos japoneses - pelo comando de Caruso - , hoje é a vez da Itália dar as caras por aqui na voz nas palavras de Gioconda .

 


Bom... essa é uma pequena introdução. Logo...voltaremos....
Quem quiser saber algo especifico... é só postar!!!!

Saluti di Roma!!!


21/09/2010

Cobertura exclusiva da Peça "Garotos"

É óbvio que... Se você foi, é ou ainda será um adolescente... você vai adorar! 
Atual: Na noite do dia 18, sábado, aconteceu aqui em Natal mais uma apresentação da peça teatral Garotos, de Leandro Goulart. 
A peça que é estrelada por Caio Bucker, Ivan Mendes, Ícaro Silva, Rafael Almeida e José Loreto retrata a vida de um adolescente normal, passando por todas as suas descobertas e experiências. Está nos palcos a exatamente um ano e tem viajado - e feito sucesso em - todo o Brasil.
E o Óbvio e Atual fez toda a cobertura do espetáculo que lotou o Teatro Alberto Maranhão e você confere a entrevista exclusiva com o elenco da peça. 


Fale um pouco sobre o tipo de público a peça vêm atingindo.
Rafael Almeida: É muito bacana porque a nossa peça, apesar de ser atrativa pro público jovem, os pais que vêm assistir curtem bastante também e acabam voltando e divulgando. E acaba tendo uma extensão bacana pro público. Tanto para o infantil, jovem, adulto... Não tem limite! 


E a que vocês atribuem o sucesso da peça ?
Caio Bucker: Ao que a gente atribui? A muitas coisas. Eu acho que a nossa união, o nosso esforço, a nossa vontade de fazer a peça, ao carinho do público. À presença da galera que é sempre muito carinhosa com a gente. São vários fatores, né 
A gente se dedica muito para tudo dar certo e o público se dedica muito para que dê certo. Então junta isso tudo. E a gente quer, cada vez mais, o melhor pra peça. A gente se diverte em cena quando vocês se divertem e recebem a mensagem que a gente quer passar, então é uma troca entre o público e nós que estamos em cena e  toda a equipe, diretores.. inclusive, eu quero mandar um grande beijo ao Afra Gomes e ao Leandro Goulart que são nossos diretores e são pessoas que acreditam muito na peça. E é isso... 


A peça trata de assuntos bem atuais. Então vocês entram no palco como personagens mesmo, ou acabam entrando de cara limpa, sendo vocês mesmos ?
Ícaro Silva: Então, isso é um paradoxo, não tem como responder. Isso vai ser sempre uma questão... porque a gente tá ali, tipo, de cara limpa, mas ao mesmo tempo a gente tá fazendo personagens o tempo todo. O limite entre a atuação e a vida real, por assim dizer -  que o teatro também é vida real, já que tá acontecendo alí - é inalcansável. E eu acho que é aí que tá o tesão de ser ator. Isso que é bom, isso que é gostoso de fazer. Porque a gente tá misturado alí. O que a gente é, não tem como tá ali. E o que a gente quer fazer e o que os personagens propoem, criam e movimentam na gente, também tá ali. Então as duas coisas tão misturadas. 


Em entrevista ao Teen180º, você falou da relação amigável de vocês com os fãs. Então, relacionando esse relacionamento com os assuntos tratados na peça, vocês já presenciaram algum fato inusitado?
Ícaro Silva: Já! Uma vez a gente foi numa cidade do interior de Minas e tinha um garoto lá que sofria bullying.- e as amigas dele vieram falar isso - ele sofria bullying porque algumas pessoas chamavam ele de gay. E elas vieram falar com a gente depois da peça, porque a gente também fala sobre homossexualidade na peça. E foi legal, porque elas pediram conselho, mesmo. E, elas vieram falar com a gente antes da peça, então eu falei pra elas trazerem o moleque aqui depois da peça, pra gente falar com ele. E ele queria ser ator també, queria fazer teatro... E aí eu cheguei pra ele e e ele falou dos meninos que zuavam ele, enfim... 


Confira agora o vídeo da entrevista completa, na íntegra. 







                         Da esquerda pra direita: @rafaelalmeidaaa , a blogueira que aqui vos fala @obvioeatual , Alessandra Karla , @renatasiiilva , @icsilva , @zeloreto . Atrás @caio_bucker , frente: @ivanfermendes


Meninas do fã clube @FCGarotosRN + @obvioeatual

O público que lotou o teatro


Entrevista realizada por: Marina Cardoso
Colaboradoras: Alessandra Karla e Renata Silva 


20/09/2010

#Errata



A Produção de GAROTOS é realizada pela DIGA SIM PRODUÇÕES.
Produtores Gerais: Sandro Rabello e Miçairi Guimarães.
Produtor Executivo: Anderson Lima.

Rapidinha com Ivan Mendes

Rapidinha com José Loreto

Rapidinha com Caio Bucker

Rapidinha com Rafael Almeida

Follow Us

About Us

O que você tem de óbvio e atual para compartilhar?
Entre em contato.
jor.marinacardoso@gmail.com


Advertisment

Like Us

Viagempédia - Hotéis, Viagens e Férias
© Óbvio e Atual All rights reserved | Theme Designed by Seo Blogger Templates